Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Qui | 16.10.14

"Sem dor, sem bolo"

womanyzing

Este é o lema da poderosa Sofia Vergara, mas podia também ser o meu! 

Numa época em que existem milhares de soluções e que a prática de desporto é incentivada por todos eu tenho de admitir que fazer desporto só por fazer custa-me imenso!

Não me venham dizer que existe prazer em infringir dor a nós próprios porque não existe... eu não fico nada feliz depois de fazer exercício e no dia a seguir mal me poder mexer com as dores no corpo.

Ir a um ginásio é tortura, mais uma vez prefiro sofrer sozinha e em silêncio, ninguém tem de testemunhar as figuras que faço. Já para não falar do ambiente que existe nos ginásio, que muitas vezes parece mais hostil do que a Moda Lisboa.

Para fazer ginástica temos de estar confortáveis, e estar confortável para mim é usar umas leggings velhas, uma t-shirt do meu irmão e uns ténis. Agora aqueles tops curtos e calças que mais parecem que vão rebentar a qualquer momento é só mais uma tortura.

Admito que tudo isto são desculpas (válidas) para a preguiça que tenho dentro de mim, e também admito que quando ando em modo "vou contrariar a preguiça, levantar o rabo do sofá e fazer qualquer coisa contra a gravidade", sinto-me mais satisfeita comigo própria, até porque sou daquelas que acha que se fizer 10 abdominais fico instantaneamente sem barriga... E depois acordo, claro!

Esta semana tenho andado numa de me levantar e começar o dia a fazer exercício, o primeiro dia cheio de entusiasmo, o segundo cheia de dores, mas agora parece que já me estou a habituar... Vamos lá ver quanto tempo vai durar!

sofia vergara.jpg

Ps: A vida é injusta, esta mulher tem 42 anos e está assim, e eu ando numa luta constante para chegar as 30 sem "músculo do adeus"!