Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Qui | 16.07.15

Ponha aqui a sua toalhinha...

womanyzing

O ar é de todos, a praia é de todos e temos de aprender a conviver com isso... mas custa muito respeitar o espaço uns dos outros?

Ainda ontem estava na praia, que por sinal estava cheia e eu tive de escolher um sitio em que, pelo menos em meu redor, existissem dois metros de areia livre... encontrei, "estacionei-me" ali e fui à água. Entre tentar molhar-me sozinha e não ser molhada pelas "criancinhas" ali em redor a tarefa não foi fácil, mas lá consegui!

Quando venho para cima, para me deitar na minha toalha, estrategicamente colocada para não incomodar ninguém, deparo-me com um casal em cima das minhas coisas... mas quando digo em cima é literalmente em cima. Os pés do senhor estavam cinco centímetros acima da minha toalha, se eu me deita-se na toalha, o meu nariz batia nos pés do senhor, e como senão basta-se ainda sorriram para mim, quando a minha vontade era "esganar" o casal em causa!

Eu, que tinha chegado primeiro é que tive de me deslocar, para não estar a levar com a sombra do chapéu de sol do casal... mas já não é a primeira vez que isto me acontece!

Há uns tempos, também fui para a praia, coloquei a minha toalha, fui à água e quando volto para cima tinha duas raparigas com o chapéu na minha toalha, e como senão basta-se, ainda colocaram uma revista na minha toalha para eu ler... mas será possível que as pessoas não percebem que se vou para a praia sozinha é porque não quero a companhia de ninguém? O espaço nas praias muitas vezes é pequeno para tanta gente, mas invadir a minha bolha é um bocadinho demais não?

E as conversas? Existem pessoas que falam tão alto ao telefone na praia, que eu quero ler um livro e não me consigo concentrar... ontem a senhora do lado ficou sem bateria e eu fiquei em stress porque não consegui saber o final da historia do primo da tia que tinha casado com a filha da amiga... eu não sou obrigada a levar com isto... já para não falar das crianças.

Ora bem, crianças a brincar com crianças e atirarem água para cima sem querem é uma coisa, agora crianças a brincarem com adultos e atirarem água, já é um tanto ou quanto intolerável... 

Controlem-se lá um bocado, por algum motivo vivemos numa sociedade e não numa selva!

superthumb (1).jpg

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.