Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Qua | 25.09.19

Polémicas - Valete

womanyzing

Valete, um rapper português, acabou de lançar uma música, chamada BFF com um videoclipe, onde relata uma traição.

Traição essa do melhor amigo, com a sua própria namorada. Entre muitos insultos a um e a outro, aponta-lhes ainda uma caçadeira e ameaça mata-los depois de os apanhar juntos na sua própria cama.

A grande polémica em torno desta musica e deste videoclipe é o incentivo à violência. Acusam o Valete, de com esta letra, instigar os seus fãs à violência doméstica.

Vamos analisar:

Pessoalmente não gosto da letra, não gosto na musica e também não gosto do videoclipe, mas gosto musical à parte, juro que não consigo perceber na totalidade esta polémica toda em torno do assunto.

Não escrevem todos os rappers sobre desgraças? Sobre mortes, sobre falta de dinheiro, sobre roubos, sobre drogas, sobre "a merda da vida" como muitos deles dizem também?

Recordemos um excerto do grande sucesso dos Wet Bed Gang "Devia ir":

"Chama um táxi p'ra minha casa chega e tira as tuas calças
Tuas amigas são falsas
Tu sabes só que disfarças
E cada vez que tu bazas
Elas mandam-me mensagem
Mas eu nem sequer respondo
Também nem sequer te conto
Tenho o cérebro cheio de fumo
Tou em lojas sem desconto
Quem tem muito cash, compra"

E este excerto de outro grande sucesso, a musica "Bairro"?

Quando eu estou drogado atiro dinheiro em discotecas
Na verdade eu tenho tido mais descontos que despesas
Eu tive que abraçar o diabo quando Deus me deu desprezo
Que se foda a minha alma, eu vou ser rico de certeza
Eu rejeito entrevistas se não me mostrarem cache
Fodi a filha de um racista, pus filhos na cara dela
No aeroporto eu viajei com 2000 euros na minha mala
Revistaram e encontraram, mas não me tiraram nada
Só a pessoa que me fez estar no mundo é que me cala
Eu não entendo o que vocês fazem tipo DJ Khaled
Para mim polícias são pessoas normais
Que gostam de se meter na vida dos outros
E eu estou tão tonto e fui ter com o
Dealer ao nosso ponto de encontro (Bora)
 
Os Wet Bed Gang em parceria com a Cidade FM, fizeram muitos concertos em escolas secundárias, com miúdos a ouvir e cantar estas letras com 16 e 17 anos.
 
As letras das musicas efetivamente passam uma mensagem, obviamente que 90% delas não são inspiracionais nem tão pouco devem ser vistas como "exemplos de vida a seguir".
Se falarmos em feminismo, estas musica denigrem a imagem das mulheres vistas como "objetos sexuais" e dos homens como "drogados" e "violentos".
 
Mais uma vez não é uma questão de género, é uma questão de mentalidade. 
Estão a trazer mais uma vez o assunto do feminismo envolvido na violência doméstica... continuam obviamente a morrer muito mais mulheres do que homens vitimas de violência domestica, mas não existem homens que sofrem disto também?
 
Quanto à musica do Valete, é desnecessária para mim que não gosto, mas não é o monstro que querem fazer parecer!

transferir.jpg

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.