Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Ter | 04.09.18

Polémicas - Modelo plus size capa de revista!

womanyzing

A polémica do momento é a capa da revista Cosmopolitan. Na capa desta revista feminina podemos encontrar a modelo plus size Tess Holliday, que num estilo "pin up", exibe as suas formas arredondadas, a sua celulite e as suas tatuagens.

Uns acham muito bem, que devemos apostar na diversidade, que cada um tem o corpo que tem e deve orgulhar-se dele. Outros defendem que a revista promove a obesidade ao colocar uma pessoa com excesso de peso na capa da revista.

Ora bem, a Tess Holliday é uma modelo plus size. É essa a sua profissão e é isso que faz dela uma mulher independente. Como modelo que é, sendo plus size ou não, faz-me todo o sentido que faça uma capa de revista. Ninguém fica chocado de ver uma modelo da Victoria's Secret na capa da Vogue pois não?

Independente de ser gorda ou magra é uma mulher, com uma profissão e bem resolvida com ela própria. Se é saudável? Isso já não sei, mas durante anos (e ainda hoje) a industria da moda promoveu a "ditadura da magreza". Continuam a morrer jovens vitimas de anorexia e bulimia, continuam a existir mulheres deprimidas porque não vestem umas calças numero 36.

Isso é ser saudável? Isso é só querer ser "socialmente aceite". As pessoas devem aceitar-se como são e quando não se aceitam, então devem fazer algo para mudar, por elas, pela sua saúde, pela sua autoestima, seja pelos motivos que forem, desde que sejam os "seus motivos", e que não seja para cederem ao julgamento dos outros!

Por outro lado, não se pode pensar que ao colocar numa capa de revista uma mulher gorda (sim, chamemos os "bois" pelos nomes), se está a promover a celebre frase "gordura é formosura". 

Esta capa é a prova de que todos somos diferentes, e que não é o peso que define a nossa personalidade. Acredito que muitas magras, não teriam coragem de fazer esta capa, por isso à que aplaudir a audácia, não da Tess, porque esta é a profissão dela, mas da revista em transmitir às suas leitoras que independentemente do numero que vistam, podem e devem sentir-se bonitas e sensuais!

 

tess.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.