Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Ter | 24.01.17

O direito à cobrança!

womanyzing

Não à cobrança de dinheiro, mas à cobrança de atenção. Há pessoas na minha vida que eu me sinto no pleno direito e até dever de cobrar atenção. Claro que grande parte das vezes não o fazemos com um simples " hello, estou aqui, preciso de um mimo" mas desatamos numa discussão pegada de quem foi o ultimo a ligar, ou quem combinou alguma coisa pela ultima vez...

Há dois tipos de pessoas a quem cobro atenção, à minha família, e esses coitados têm de me dar, até porque eu não pedi para nascer e blá blá blá, e aos meus amigos, que são nada mais nada menos de que a família que eu escolhi, e esses têm a responsabilidade acrescida de terem sido escolhidos por mim, e eu só escolho os melhores, ou melhor, ás vezes posso enganar-me na escolha (errar é humano), mas só se mantêm os melhores.

Obviamente que esta "cobrança", tem de ter uma grande dose de respeito, afinal todos nós temos as nossas vidas e tempo é coisa que não abunda nas nossas vidas, mas quando a cobrança é feita com conta, peso e medida não é bom sinal? Quando os nossos amigos nos procuram é porque têm saudades nossas, é porque se lembram de nós e isso deveria ser respeitado... Eu cobro, sou exigente com os meus amigos, tenho de ser, porque quando isso não acontece passam para a lista de conhecidos, o que não significa que não tenhamos sido amigos numa determinada altura das nossas vidas, mas neste momento a nossa "amizade" resume-se àquele encontro casual na rua em que ambos dizemos, "temos de combinar qualquer coisa" e todos sabemos que isso nunca vai acontecer....

Aos meus amigos, aqueles que ás vezes ficam zangados comigo pela minha "cobrança", que obviamente não é feita com um "tenho saudade tuas", mas com alguma bocas e uma pitada de ironia à mistura, perdoem-me as palavras porque o que conta é a intenção e o sentimento que é feito, até porque enganei-me algumas vezes na vida e o que não me falta são coisas por combinar eternamente esquecidas!

 

cobrança.jpg