Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Sab | 02.12.17

Natal - Anúncios de Natal!

womanyzing

Desde pequena que gosto de festas, festejo o meu aniversário pelo menos três vezes, e por isso o Natal é mais uma vez uma das minhas épocas favoritas do ano.

Lembro-me de ser miúda e esperar ansiosamente pela "época dos anúncios natalícios" que naquela altura, e dada a minha tenra idade, se resumiam aos anúncios de brinquedos.

Era ver-me colada à televisão, a sonhar com todos aqueles brinquedos, as barbies e os nenucos e que hipoteticamente viriam morar no meu quarto.

Sempre tive a sorte de ter um Natal recheado, de amor, de alegria e de presentes, que eram muito importantes para mim!

Passada a idade dos brinquedos (a idade passou, mas o "bichinho" ainda desperta quando vejo uma barbie na prateleira de um hipermercado ou a Popota), mas a minha fixação por anúncios natalícios continua.

O meu pódio de anúncios natalícios tem lugar reservado para três marcas, que nos últimos anos fizeram os melhores anúncios de natal, na minha modesta opinião claro!

Em primeiro lugar, o meu anúncio favorito de todos os tempos, o anuncio da Vodafone, dos velhinhos apaixonados, quem não se lembra?

Sempre que passava este anúncio na televisão, ficava vidrada, porque acho que a magia do natal é isso mesmo, "o amor", e existem amor mais bonito do que o daqueles dois "velhinhos" amorosos?

A segunda marca que faz magia no que toca a este tipo de anúncios é a Coca Cola, ao longo dos anos, a imagem do Pai Natal associado a esta marca tem feito as minhas delicias.

Por ultimo, mas não menos importantes, o anúncio deste Natal da Nós. "O Segredo Natal" é sem dúvida o "winner" deste ano. Aquela parte em que o pai pergunta ao filho se deu o numero do pai natal a alguém, e ele encolhe os ombros, é genial! Depois este anuncio, como a maior parte deles tem uma sequência, e a sequência deste anuncio deixa-me de lágrimas nos olhos...

Quem me compreende?

 

5 comentários

Comentar post