Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Seg | 27.02.17

And the Oscar goes to...

womanyzing

... La la land, só que não! Ganhou um Oscar bastante inédito, um que dura apenas três minutos, minutos esses que foram suficientes para a equipa subir ao palco, agradecer o Oscar e ainda entrega-lo aos verdadeiros vencedores, que no meio de tudo aquilo nem discurso fizeram, tal era o espanto por acontecer uma situação tão caricata como esta!

Eu que estava a acompanhar a gala, (sim ontem foi uma noite bastante longa), apercebi-me que o Waren Beatty, estava um pouco atrapalhado para dizer quem tinha ganho, e não me parecia de todo suspense, parecia mesmo que não estava a conseguir ler o que estava escrito. Foi a confusão total, nunca tinha acontecido, e tenho pena que esta "confusão" tenha "beliscado" a apresentação de Jimmy Kimmel que esteve irrepreensível e com muita graça durante toda a gala.

Surpresa no final com o melhor filme para "Moonligth", uma vez que o favorito era "La la land" ou "Manchester by the sea", já em relação ás atrizes ganhou Emma Stone como atriz principal e Viola Davis como atriz secundária com o discurso mais bonito e emocionante da noite! Como ator principal Casey Affleck (parecia saído de uma gruta onde não existem escovas nem giletes) que era também o favorito, no entanto eu tinha uma esperança que Denzel Washington lá pudesse chegar, melhor ator secundário para Mahershala Ali, o que também já era esperado.

Quem não "twitou" foi Donal Trump, que deve estar a preparar qualquer coisa bombástica e Meryl Streep, atriz "sobrevalorizada" segundo o "sábio" de cor laranja, acabou por não ganhar o Oscar mas recebeu uma bela ovação de pé.

 

oscars.jpg

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.