Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Sex | 19.08.16

A idade que passa!!

womanyzing

Fazemos provavelmente dois balanços ao longo do ano, quando este acaba, e quando fazemos anos de vida!

Sempre adorei fazer anos, quando passava o ano já eu começava a planear o meu aniversário, que só acontece em Agosto. Desde pequena que a minha família promovia esta minha vontade de festejar, primeiro com as festas dos miúdos, depois com a festa da família, e sendo filha de pais separados ainda hoje acabo por ter três festas, com a mãe com o pai e com os amigos.

Desde sempre se habituaram a este meu fascínio pelo aniversário que até a minha família quando chegava a Maio, já estranhava se ainda não tinha falado no assunto. Também todos me diziam que com os anos isso passava, e sempre achei que isso era mais uma daquelas frases feitas, e que todos os "mais velhos" gostam de dizer. A verdade é que  tenho de dar " a mão à palmatória" e admitir que isso tem um fundo de verdade.

Não porque me custe ver os anos a passar (já vou a caminho dos 28), mas porque se perde a essência, porque se perdem os amigos, porque se perde até a própria família. Claro que as pessoas têm a sua própria vida e não vão deixar de a planear por causa do meu aniversário, mas a verdade é que era aí que estava a essência da coisa. Era o facto de juntar todos aqueles que eu mais gosto, que faz desse dia um dia tão especial. A realidade é que quando crescemos, perde-se muito daquilo que nos tornava especiais e passamos a ser comuns adultos, numa vida tão agitada na qual não passamos de apenas mais uma pessoa que o facebook nos lembra que faz anos.

Não sou nem nunca fui daquelas pessoas "chatas" que mandam mil mensagens para confirmar a tua presença no seu aniversário, faço o convite e quem tem vontade de ir vai, quem não vai, amigos na mesma, prefiro poucos mas bons. Isso é outra lição que a "idade" nos dá. Já que temos uma vida tão agitada que nos dá tão pouco tempo para passarmos com as pessoas, a própria vida acaba por fazer uma seleção natural, das pessoas que realmente importam, até porque não tens tempo a perder, nem te podes "baldar" ao trabalho com fazias na escola para ficar na conversa no café o dia inteiro.

Alegra-me que chega mais um aniversário onde posso contar com os de sempre, com aqueles que me acompanham diariamente nesta vida, que jantam comigo mais do que uma vez no ano, que me fazem feliz todo o ano ao longo destes quase 28 anos (como o tempo voa e daqui a pouco já tenho 30 anos!!).

Espero que a idade passe, mas que continue com todos aqueles que mais amo junto a mim!

 

idade.jpg