Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

womanyzing

"What is done in love is done well " Vicent Van Gogh

Seg | 11.11.13

Era uma vez....

womanyzing
Princesas, a minha amiga Laura, pediu-me para deixar aqui no blog o seu testemunho, para que sirva de alerta para todas nós. Percam 5 minutos a ler esta história porque vale a pena.

Olá leitoras, o meu nome é Laura e venho aqui ocupar este pequeno espaço, dando o meu exemplo, para que situações como esta não aconteçam a nenhum de vocês.
Em Fevereiro deste ano, comecei a falar na rede social Hi5, com um rapaz chamado João. Fomos falando cada vez mais, até que combinamos conhecer-nos. Quando me fui encontrar com ele, descobri que não se chamava João mas sim Gonçalo ( nome fictício).
Continuamos a estar juntos até que começamos a namorar, ele começou a conviver com os meus amigos e com a minha família e eu comecei a achar estranho não conhecer ninguém da família nem nenhum amigo dele, até que mais tarde ele apresentou-me a avó.
Estava tudo a correr bem até que ele foi trabalhar para o Algarve e começou a afastar-se de mim. Tinha o telemóvel desligado várias horas, eu ficava sem notícias nenhumas dele e quando voltava a ligar o telemóvel ele dizia que tinha ido a Espanha entre outras justificações.
Mais tarde, o Gonçalo começou a dizer-me que estava com muitos problemas financeiros, e eu como gostava muito dele e era meu namorado comecei a emprestar-lhe dinheiro. Ele dizia sempre que me iria pagar, que eu “ merecia tudo de bom”, “és a mulher da minha vida”, “quero ter um filho teu”, e eu fui indo sempre na conversa dele. Ele precisava de um telemóvel, eu emprestei-lhe um, mais tarde compramos um telemóvel para ele com o crédito no meu nome, mas tendo ele assinado uma procuração a dizer que todos os meses iria pagar a prestação.
Passado tudo isto, ele começou a evitar estar comigo e eu comecei a aperceber-me da situação e as discussões começaram a surgir, até que ele em Setembro terminou a relação comigo.
Quando ele terminou tudo comigo, eu pedi-lhe que devolvesse as coisas que eram minhas, e foi então que ele começou a tornar-se agressivo, trocamos ofensas e faltas de respeito, ele ameaçou-me a mim e há minha família e foi então que descobri, que ele tem cadastros na polícia por assalto, está a cumprir pena suspensa e ainda outras situações mais graves que não vou mencionar aqui.
Voltamos a falar, ele devolveu-me algumas das minhas coisas, pediu-me desculpa por tudo e voltamos a estar juntos. Voltou a pedir-me dinheiro emprestado e e feita burra voltei a emprestar.
A partir dai não soube mais nada dele, ao investigar descobri que ele vivia com uma rapariga, tentei avisa-la pensado que ela estava a ser engana mas ela ainda me ameaçou.
Moral da história eles andam a fazer este tipo de coisas para viverem às custas de alguém que procura o amor verdadeiro. Ainda continua a ter um perfil falso para que possivelmente, outras Lauras, caiam na história do bandido.
Espero que com o meu exemplo, pensem duas vezes antes de acreditarem em alguém que não conhecem.

1 comentário

Comentar post